A Motovisor

Três décadas de tradição no mercado de viseiras e capacetes

A alta qualidade dos produtos, preços competitivos e respeito pelo cliente são fatores responsáveis pelo sucesso da Motovisor

Fundada em 1955, por Genrichas Gansaukas, imigrante lituano, a Motovisor atuava, inicialmente em outro segmento. No final da década de 70, o filho de Genrichas, Claudio, enxergou um futuro crescimento no mercado de duas rodas e de informática e investiu nesses setores. Com a crise do petróleo, o mercado de motocicletas atingiu um novo patamar, a estrutura industrial oferecia recursos mais adaptados a produtos do mercado de motocicletas, por isso, optaram por atuar em uma só área.

No início da década de 80, tornou-se a primeira a produzir viseiras para capacetes com objetivo de atender mais fabricantes e o mercado de reposição.

Ao longo dos anos, a empresa conquistou espaço, atuando desde o desenvolvimento de uma grande linha de viseiras para capacetes nacionais até muitos modelos importados, utilizando a tecnologia de termoformagem em dupla curvatura para viseiras (com até dois milímetros de espessuara). A Motovisor também aposta na criação e aprimoramento de uma extensa linha de acessórios para capacetes, como as tampas laterais, molduras, palas e kits reparo.

Segundo o atual diretor da empresa, Caio Gansaukas, a linha de parabrisas e bolhas para motocicletas cresceu com a popularidade do conceito do moto-turismo e a exigência por produtos que ofereçam conforto e segurança. "O grande sucesso de vendas da empresa é a "vacina de pneus", que traz um benefício real a um preço extremamente baixo", destaca. Porém, o carro chefe continua sendo a linha de viseiras para capacetes.

A qualidade dos produtos, preços competitivos, respeito pelos clientes e transparência, além da ótima equipe técnica, administrativa, produtiva e, principalmente, dos parceiros representantes, são os fatores responsáveis pelo sucesso da empresa.

Para o empresário, a Motovisor sempre fez questão de trabalhar com as melhores matérias-primas disponíveis, como uma forma de respeito ao consumidor.

 

Melhoria

A fábrica foi ampliada recentemente, equipada com modernos equipamentos para a produção de viseiras em dupla curvatura e parabrisas para motocicletas. Hoje, já existe a capacidade de produção para atender a maioria dos fabricantes de capacetes e de fornecer parabrisas diretamente às linhas de montagens das motocicletas fabricadas no país.

A empresa trabalha com uma nova tecnologia de produção de viseiras que deverá se concretizar no próximo ano. O principal foco neste momento, segundo Gansaukas, está em ampliar a penetração da Vacina de Pneus, no Brasil e na América Latina, além de buscar novos mercados como China e Índia.